asas;

. 10.8.12 .



Ah, mas quando o amor voa, tudo me dói.
E é necessário, é ar. É respirar.
Para não doer tanto, pinto asas em vários tons.
Aumento a  música, alongo o passo, o minuto, a hora.
Dou voltas em torno da ausência.

Respiro, suspiro, abro braços, portas, compartimentos.
Nada é secreto quando ele volta.


*Imagem: Weheartit




Ah, mas quando o amor voa, tudo me dói.
E é necessário, é ar. É respirar.
Para não doer tanto, pinto asas em vários tons.
Aumento a  música, alongo o passo, o minuto, a hora.
Dou voltas em torno da ausência.

Respiro, suspiro, abro braços, portas, compartimentos.
Nada é secreto quando ele volta.


*Imagem: Weheartit

Um comentário

  1. "Nada é secreto quando ele volta". E sempre pedimos para que ele volte, mas se não voltar, não ficará em segredo dentro de você.

    Beijos,
    mil inspirações.

    ResponderExcluir

recentes antigos Página inicial