Certeza;

. 4.8.12 .


A verdade é que a palavra de hoje caminha sozinha. Ela dispensa rótulos. Não quer corpos, olhos ou nomes. Explode num mar que é só de quem a possuía antes do papel.

É vida microscópica na fibra de celulose.
Enxergá-las é privilégio dos que proseiam de perto.


*Imagem: Weheartit


A verdade é que a palavra de hoje caminha sozinha. Ela dispensa rótulos. Não quer corpos, olhos ou nomes. Explode num mar que é só de quem a possuía antes do papel.

É vida microscópica na fibra de celulose.
Enxergá-las é privilégio dos que proseiam de perto.


*Imagem: Weheartit

Um comentário

  1. Um brinde à prosa de perto, ofuscada pela distância da facilidade da comunicação!

    ;]

    MUITO BOM!

    ResponderExcluir

recentes antigos Página inicial