não é vento por dentro;

Essa coisa de escrever histórias lindas na pele. E calçar havaianas ao invés de saltos altos. De reaprender a enfeitar. Até cozinhar estrelas, aprendi.

Do lado de cá, brinco com as cores.

Essa mágica de me repartir e te ajuntar, juntar coragem, dias de sol e enfrentar as chuvas. Raptar flores e for…

cartas da cidade luz;

 Paris, saudade e cupcakes.

Não é o fato de estar do outro lado do mundo que me desespera, entenda. É essa coisa absurda de te sentir como se  estivesse ao lado, ali no outro apartamento. Como se a qualquer hora eu pudesse atravessar a rua, pegar o elevador, bater na sua porta ou tocar a campanhia …

à você, que dessaruma.

Escuta menino: minhas malas já estão prontas.
Foi lindo, mas acabou. Pelo menos do lado fora. Do lado de dentro, domínio é quase uma ilusão.
Eu vou sentir a tua falta.
E não tem essa de blindar olhos ou sorrisos que a gente vê todos os dias. Eu sempre vou arder quando você passar por mim.

Mas esco…

estrelas, para quem ainda não veio.

Veja se você entende, meu amor:

Estamos amando uma pessoinha que nem existe ainda.  Escolhemos nomes. E a afeição chegou com eles.
Já estão incluídos nos nossos planos, você não percebeu?
É claro, essa indecisão por azul ou rosa vai nos acompanhar por alguns meses após a tão esperada notícia.

Vamo…

o lugar da espera;

Esse é o problema: não gosto de esperas. Não sei lidar com elas. Sou até um tanto mal educada quando batem à minha porta: não ofereço café,  ocupo os sofás e fecho as janelas.  Não são coloridas. Amanhecem em preto e branco. Não dão vida e não reluzem. Desbotam olhares azuis. Corroem. Corrompem.

(…

carta pra você (I)

Para Guilherme de Paula

Essa carta é pra você, que pinta de azul meu céu, quando tudo está cinzento. Sem vento e sem flores no jardim.
Você bem sabe, não gosto de madrugadas sem sereno.

Subimos e descemos as  escadas na nossa nova casa que dá para o Central Park. Temos frio e muitos casacos no arm…

Contact Form (Do not remove it)

back to top