Para Guilherme de Paula


Essa carta é pra você, que pinta de azul meu céu, quando tudo está cinzento. Sem vento e sem flores no jardim.
Você bem sabe, não gosto de madrugadas sem sereno.

Subimos e descemos as  escadas na nossa nova casa que dá para o Central Park. Temos frio e muitos casacos no armário. Sonhamos tanto com isso, lembra?
Tiramos férias do mundo.
A aventura é dentro, aonde ninguém entra.

Na vitrola da ante-sala ouvimos Beatles, Pearl Jeam e minhas músicas instrumentais preferidas. Temos mania de sonhar acordados enquanto elas tocam.
Eu sei, eu sei, Londres é o nosso caminho.
Mas a temporada de inverno aqui, vai ser boa, ao que parece.

Ainda temos semanas. E cafés. E fotografias que ninguém vai nos roubar. E tantas sacadas para admirar...

Vem, me abraça.

Caminharmos juntos é escolha.


*Imagem: Weheartit