Veja se você entende, meu amor:

Estamos amando uma pessoinha que nem existe ainda.  Escolhemos nomes. E a afeição chegou com eles.
Já estão incluídos nos nossos planos, você não percebeu?
É claro, essa indecisão por azul ou rosa vai nos acompanhar por alguns meses após a tão esperada notícia.

Vamos incorporar um novo amor e uma nova [e permanente] responsabilidade.
Queremos passos pequenos pela casa.
É, isso pode ser doce. Pode despertar o melhor de nós.
Mas também nos trará algumas noites de insônia. Negar essa continuidade é interromper os planos de Deus. Então, vamos em frente.

A contagem de estrelas não será mais a mesma.  Alimentamos  a certeza que os próximos sóis e as próximas luas, mudarão de alguma forma [mais iluminados, quem sabe?]

É o desconhecido conhecido que enfrentamos, que queremos com toda força e que cuidaremos, por anos a fio. 




*Imagem: Weheartit