Texto por encomenda. 

São teus os que chegam. Já passei por eles, lembro bem. São teus os anos. São meus os presentes. Vinte e oito que me enfeitam desde os vinte e seis. Mensagens, voz doce, gestos leves. Fortaleza quando preciso. Calma. Poder de mudar o mar de lugar. Sorrisos que não me desconhecem, nem mesmo quando querem. Energia para espalhar, jamais para conter. 

Vinte e oito que te espelham bem. Bem assim: homem em corpo de menino, amor de várias formas. Coração quando quer ser razão e retinas que entregam a tua essência. Vinte e oito que te celebram com chuva, outono, clima ameno, “Rolling InThe Deep”.

Dá vontade de carregar você. Para sempre, para o mundo, para  outra vida.
Vinte e oito estrelas. É só isso. São como teus olhos brilham para as possibilidades, para as verdades e para o caminhar. São como me abraçam.

Dia longo. Noite também. Vinte e oito madrugadas para comemorar.




*Imagem: Weheartit

Um Comentário

  1. E que venham mais vinte e oito primaveras de amor para comemorar juntos. Texto lindo! :)

    Um beijo!

    ResponderExcluir