Você deveria ver o que vejo e sentir o que sinto: Paris é cinza, repleta de histórias nos becos, nas vielas e nas margens do Senna.
Não que as pessoas sejam diferentes. Acho que os sentimentos são. Os portões se confundem à paisagem e qualquer encontro de casais é quase cena de cinema.
Os apaixonados são loucos [eles sempre são], pintam as incertezas no vento.
Eu caminho e sorrio.
Meus passeios são coloridos.
Gasto quase dez folhas de papel por dia. Minhas tardes frias bordam casacos, toalhas e ausências.
Arrumo o armário pela quinta vez em uma semana.
[inutilmente]
Quem precisa de organização, quando a bagunça é interna?

Deita e dorme, menina.
Acorda, sorri a manhã e enfeita o cabelo.

O amor cruza a ponte área regado à cappuccino e macarons.




*Imagem: Weheartit

Deixe um comentário