céu particular;

E eu não sei até aonde vou caminhar. Se estarei  nua ou vestida, descalça ou calçada, triste ou feliz, bonita ou feia. Sei é que quero ir com você.  Temos uma história bonita de ver e sentir. Rock in Rio. Outback. Arpoador. Invernos. Toucas. Cabeça grande e botas. Petrópolis.
Com você, céu particula…

eu, azul.

Quero ser azul porque sempre precisei de céu. a vida inteira fui complexa e ainda sou não sei me encaixar meu ar, destila.
A vida inteira me emaranhei por dentro cantei, cantei e nunca soube cantar minha pretensão dourada era o mar.
Vou me arriscar nas pinturas, no próximo ano. e ceder a intenção …

calmaria;

Tão necessária quanto ar.  Sabe, cansei de caminhar. Quero pausar meus veículos mentais, repousar no jardim de casa.  Espreguiçar a manhã preguiçosa de chuva.  Comprar flores amarelas para enfeitar o hall.
Cansei de caminhar.  Quero pousar em Paris.  Voar por lá.


*Imagem: Weheartit

sem bordas;

Ele diz que sou forte por me atrever a escrever com chuva e frio. Que sou perfeita em assumir, rasgar o verbo e os gestos num único olhar. Que sou mulher o suficiente para todos os tamanhos de fome sexual. Que sou farta em sentir, em fluir, em avermelhar as mãos. Que sou leve e sou código, boneca …

descoberta;

Não morro mais de partidas.   Renovei meus vestidos Aos sentidos, emprestei cômodos vazios Modifiquei tons azuis.
Não morro mais ressentida. Construí pontes  de nuvens Plantei papéis no carro Rendei ao invés de rasgar.
Não morro mais de brigas Devolvo silêncios.
Não morro mais de partidas.  Não pa…

o que não conto;

Entre um espaço e outro, difícil é falar do que ninguém vê: ciúmes, crises, incertezas. Das vontades de ir embora, noites mal dormidas, feridas, dos invernos que não trazem flores, do passo esquecido, cavalo bandido, da carruagem sem rodas.
Difícil é doer de domingo a domingo. Dilacerar-se sorrind…

Contact Form (Do not remove it)

back to top