Eu me lembro das janelas azuis com cortinas brancas. Do papel de parede florido, da mesa de vidro e das bonecas francesas. Lembro da casa de brincar no jardim. Do jipe na garagem. Do bolo de cenoura com cobertura de chocolate na sala de visitas.
Eu me lembro dos passeios de bicicleta nos finais de semana e do chá mate servido em jarra de prata. Do rádio toca fitas tocando "Midnight", antes do sono chegar.

O cheiro das memórias, sem permissão invade os dias. Com força, expressão e traje de festa.

Imagem: Google