então cante;

E é justamente por aquilo que não podemos comprar, que não podemos controlar que nos degladiamos. Que nos desentendemos. Que nos desencontramos: o silêncio, os afetos, a paz interior, as relações, as emoções, o encanto.  
Quem é que compra tempo? -Ninguém. Quem é que tem tempo nos dias de hoje? -Q…

recado;

Não seja arrogante. Pare de achar que está blindado para os afetos, para os encontros sem lei, para a formosura aparente, de afirmar que não pode ser mexido, que não pode ser embebido de desejo, de flor, de beijo, de casa e de corredor à espera de quatro pernas, oito passos, uma vida inteira de um…

insônia;

Pra você, eu sempre me arrebentei de escrever. Eu sempre ousei nos vestidos, nos ruídos que denunciassem saudade, vontade ou sorrisos.
De um canto à outro, quase nunca.
Com você, sempre precisei transbordar.
Conter as tuas mãos de tirar sandálias, calcinhas e vergonhas.

Com você, nas horas mais…

Aniversário;

Envelhecemos por dentro e por fora.
Por fora, o tempo insiste em marcar a pele.
Por dentro, onde tudo é mais lindo, menos rígido  as marcas são outras:
Sóis de Girassóis em Novembro.
As horas correm e não me assustam.


*Imagem: Weheartit




Contact Form (Do not remove it)

back to top