12.8.15

Outubro;




Desatenta, tinha esquecido como era sentir teus olhos em mim. Lembrei agora e abri um sorriso aqui, sentada no tapete da sala. Tive um dia corrido hoje: banco, contas pagas, café na padaria da esquina e alguns livros no sebo ao ar livre. Voltei pra casa mais leve e mais poesia. Tirei o casaco, pendurei o guarda chuva que não usei, tomei um banho morno e comecei a me vasculhar, a te vasculhar em mim: filmes, chocolates, frio lá fora, respingos na janela, a companhia da xícara de cappuccino, ora pauso o filme, ora escuto Adele.

Acordei pra nascer, entende?
Pra sentir, ser.

Cumpri a rotina, renovei a fé e agucei meus sentidos.
Mesmo distante, você esteve comigo.


*Imagem

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo