trinta e seis;

Dionísio, o grande.

Eu me lembro de você às sextas feiras, comendo pizza, nugetts ou torta de sardinha. Do seu sorriso Colgate, das sessões Beatles aos domingos no sofá da nossa antiga casa. Eu me lembro do seu inglês perfeito e de como ria do meu, uma catástrofe até hoje. Eu me lembro das suas tiradas espetaculares …

começo, meio e fim.

Ah, eu não sou louca só porque entrei nessa história sabendo que ela teria começo, meio e fim. Nunca saberei se se trata de maturidade, racionalidade ou sei lá o quê. Só não vim pra ficar. Mas vim.  Pro teus braços, pros teus olhares, para tuas vontades enormes e tortas, pra tua doçura na minha mã…

Contact Form (Do not remove it)

back to top