27.7.16

senhora intensidade


Me limpe os olhos, me encha os olhos, me arranque a pele, me empreste roupas, me guie nua, me entregue vestida de ti. Aponte-me uma rua, me indique um lugar, me exponha nos letreiros, me arrebente luminosa. Fotografe-me ainda lady, com a meia calça, a cabeça no lugar e os braços sintonizados com o resto do corpo. Me afaste o copo, me cure do vinho, me traga a barba, a calça surrada, a camisa quadriculada, o corpo dele.

Se mostre em meus pelos, desarme os segredos, desaponte os desencontros, dispense as apresentações. Me limpe os olhos, me encha os olhos, desembace os espelhos, me amanheça no hotel. Toque sem mãos,  agarre sem dedos, tatuagem invisível, entendeu? Cative o afeto, desamarre as fitas, solte-me nos trilhos.

Me limpe os olhos, me encha os olhos, fotografe o rosto da noite. Deixe-me atrair. Te dou permissão para fluir vermelha e não disfarçada, enquanto parto com ele,  para a demora permitida.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo