madrugada

Coisa bonita é madrugada. Desde pequena, sou apaixonada por ela. Eu via no céu azul do quarto em Laranjeiras, uma constelação brilhante e atrativa. E ficava ali, por horas, juntando em minha mente toda a poesia existente dentro e fora dele. Sempre admirei madrugadas pela pureza e silêncio enfeitad…

(te) querer

Porque eu te quero, sou nuvem. Chuva fina que não cessa, roupa colada no corpo, olhos acesos de uma chama além do fogo possível. Sou eu e sou outras. A que toca, eterniza, toca a tarde inteira num disco 92, sem cansar.
Porque eu te quero, todos os poemas são possíveis e todas as casas do quarteirã…

leia meus olhos

O interesse é uma dança lenta em que te envolvo. Olhares, pares de vestidos para atrair tua pele, sentimento com um tanto de vento norte. O interesse é esse vermelho forte que permeia minha presença e jamais o negarei diante de ti. Estou entregue à nudez, a força que move os encontros de amor pelo…

nublado

às vezes o céu cinza carrega beleza maior que o azul o sorriso a nuvem imaculada
nublado sim
e dissipo melhor as inspirações as paisagens as fontes as músicas
me cai melhor o abraço o moletom o guarda chuva
os respingos de alma.

*Imagem : Weheartit

Sortudo

Você mora em mim.
Você está em tudo por aqui: cabelo, corpo, pele, achados, perdidos. Nas minhas músicas, na minha sala, nas lembranças doces, salgadas, aromatizadas, nos cupcakes e nos cafés da padaria da esquina às seis da manhã.
Sortudo.
Tem passe livre pelos poros, entre os dedos, nas curvas, …

Contact Form (Do not remove it)

back to top