Minha Paris

Tomei Paris pra mim há tempos. Desde quando descobri suas paisagens, histórias à beira do Rio Senna, desde que descobri sua fortaleza poética. Henry Miller, Anais Nin, Baudelaire e tantos outros. Em Paris, respira-se uma poesia perfumada, viva mil vezes. Eu nunca soube entender bem. Talvez seja po…

É saudade?

Liga. Manda carta. Bilhete. Telegrama. Pombo correio. Mensagem na garrafa. Manda o mar dentro de uma caixinha. Ofereça uma música. Liga pra rádio. Manda recado por um amigo. Chama. Saudade chama. Saudade não deixa fugir. Aluga um quarto. Reserva uma mesa. Atrasa o passo para reencontrar. Tome um t…

Contact Form (Do not remove it)

back to top